XC TOUR Axixá do Tocantins 2020

Uma experiência única de ecoturismo, muito além do Voo Livre.


Tá ai um dos projetos que mais me atrai anualmente no mundo do voo livre: Voar XC em Axixá do Tocantins-TO, região do Bico do Papagaio - entre AGOSTO e SETEMBRO.


REGIÃO

Normalmente chegamos pelo aeroporto de Imperatriz-MA, uma cidade grande com todos os mimos de qualquer cidade grande (shoppings, locadoras de veículos, boates, baladinhas, grandes redes hoteleiras e comércio variado) - e a apenas 35km de Axixá. Todos os anos reservamos uma janela de aproximadamente 3 semanas para encontrar os amigos voadores de parapente de diversas partes do Brasil por lá. Temos todo apoio logístico e parcerias organizadas pelos pilotos e amigos do Empreendimento Asas do Bico, de Imperatriz-MA - que fica a apenas 35km de Axixá, que se revezam durante todo esse período para nos dar atenção, participar dos voos XC conosco e organizar tours nos rios e praias doces da região, onde degustamos especiarias locais, cerveja gelada, boas cachaças, música regional e belas e exclusivas paisagens.


Com essa janela de dias disponíveis podemos sempre dar flexibilidade para que os amigos voadores possam se organizar com mais praticidade para marcar presença. Temos amigos que ficam três dias, cinco dias, uma semana... outros (mais afortunados) ficam até duas semanas. Não faz diferença, o importante é a presença e a diversão de todos os amigos. Uma regra geral que temos para esse período é evitar qualquer espírito de competição e fomentar, acima de tudo, espírito de diversão, camaradagem, colaboração e voos seguros para todos. Sempre marcamos algum tipo de confraternização e sempre fazemos o máximo para que todos possam ter a melhor estrutura de suporte para acesso à rampa e também a melhor logística de resgate nos voos de distância. Um serviço diferenciado que é oferecido desde 2019, suspenso em 2020 por conta da PANDEMIA, para os interessados num turismo de aventura mais profissional no voo livre, é um pacote completo de sete dias com total estrutura de hospedagem e logística (para mais detalhes, confiram www.asasdobico.com.br).

Estarei em Axixá do Tocantins entre os dias 21 e 31 de agosto agora com amigos de MG, RJ, SP, MS, SC, MA e TO (as datas de alguns variam). Vamos com o objetivo de superar o recorde local de 228km, que também é o estadual (TO), e buscar os 300km, mas o principal resultado dessa viagem sempre é a diversão e o lazer com os amigos num lugar de exclusivas belezas naturais e com muitas opções de cachoeiras, rios e praias doces.

Basicamente temos 3 opções de base para os visitantes:


Imperatriz - 35km da rampa

A opção mais moderna e badalada. Ideal para quem quer mesclar voo com diversão mais animada e gastronomia mais atualizada. Vale lembrar que se chega bem tarde dos dias de voo mais sérios e nem sempre dá para curtir a noite.


Axixá do Tocantins - Rampa

A opção mais econômica e também mais simples e monótona. Não tem muito o que fazer e nem muita opção para comer. É chegar do voo, lanchar o que encontrar e ir dormir. Uma das melhores opções para quem busca foco total no voo e baixo custo de hospedagem e alimentação.


Araguatins - 60km da rampa

A opção mais recomendada no aspecto ecoturístico, tem boas opções de alimentação e é mais prática para a logística de xc mais sérios. Hospedagem podendo variar de básica a alto padrão em uma bela pousada em frente ao rio Araguaia.

Dividimos os voos de Axixá em 3 tipos: Diversão, Expedição e Selva - classificados assim da seguinte forma:


Diversão

Nesse voo normalmente voamos todos juntos, sem pressa, enrolando para que até os menos experientes consigam chegar. Fazemos o trajeto em aproximadamente 2h e chegamos alto sobre a cidade para depois pousarmos na praia para deliciarmos um saboroso peixe regado a cervejas bem geladas e boas cachaças regionais.

Depois atravessamos o rio nas voadeiras e vamos curtir uma baladinha mais organizada no bar do Vicente, anexo à pousada Encontro das Águas, que fica em frente ao rio Araguaia e de cara para um por do sol cinematográfico.


Expedição

Voo no qual seguimos a rota para o encontro das águas dos rios Araguaia e Tocantins, onde se forma a tríplice fronteira (MA x TO x PA) e, devido a seu formato, tem o nome que batiza toda aquela região do Tocantins: Bico do Papagaio.

São 107km de voo que também fazemos sem pressa e buscando levar o máximo de amigos juntos para testemunhar ao vivo e à cores, a bordo de um parapente, tamanha beleza natural de nosso Brasil.

Na volta passamos pelo rancho de um grande amigo nosso, que fica às margens do rio Tocantins, onde sempre organizamos um belo churrasco de peixe regado ao gosto do freguês: cerveja gelada ou boa cachaça regional.


Selva

Esses voos são muito técnicos e exigem concentração, mas todas as rotas contam com boas opções de estradas para o resgate. Acredite, apesar de estarmos em pleno estado do Pará e indo para a floresta amazônica, existem estradas principais asfaltadas e muitas estradas de chão largas e bem batidas.

Todos os voos acima de 140km nos fazem voltar passando por Marabá, onde paramos para jantar. De Marabá as distâncias de retorno variam de acordo com a base que o piloto escolheu: 220km para Imperatriz; 180km para Axixá; 135km para Araguatins (o que a torna a opção mais prática para voos XC mais sérios).

Quer ter uma experiência diferente e realmente marcante no voo livre... uma EXPERIÊNCIA DE VIDA? Quer descobrir novas formas de voar e se divertir em segurança? Quer sobrevoar uma região bela e única de nosso BRASIL?

VISITE AXIXÁ DO TOCANTINS-TO.


Olhe sua agenda 2021 e reserve uma semana para sua redescoberta do voo livre com o ASAS DO BICO: www.asasdobico.com.br.


CB

XC Selva.png

Aqui no site

Compartilho novidades, informações e minhas aventuras pelo mundo do PARAPENTE.

FAÇA PARTE!

  • Twitter
  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2020 by goXCb

Criado por atletadeaventura

|

WANDERLEI G. S. JÚNIOR

006.906.286-25

VILA VELHA-ES - BRA

|

|